quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Lenha.

Hoje acordei com uma chuva pesada batendo na janela. Era menos de 5 da manhã e a vontade de sair da cama não vinha. Nem um Amor de Perdição ou uma Moreninha me tirariam debaixo das cobertas com o frio que fazia.

Me lembrei de quando, ainda pequeno, ficava na fazenda da minha bisavó sentado ao lado do fogão de lenha brincando com as brasas. Surgiam ideias para novas traquinagens, a bisa aparecia com doce de leite pra mim ou um pedação de rocambole. Não havia frio que me espantasse, e nenhum monstro surgiria para me assustar, ali estava protegido.

O fogo causa espanto, causa medo, é perigoso, mas traz também segurança, conforto, tranquilidade para aqueles que o respeitam.

Lembro também dos gatos da fazenda, aqueles gatos que ninguém os vê em momento algum, só quando alguma coisa do lado de fora da casa está errada, uma chuva forte, um cachorro ameaçador ou qualquer intempérie que signifique perigo aos ariscos felinos domésticos - nem não domésticos ou domesticados assim - que se aqueciam próximos ao fogão e ali tinham seu cantinho para dormir.

Bom mesmo era pensar que o mundo girava ao redor daquele fogão, onde toda a família se servia do que quer que houvesse em cima dele. Eram tantos primos, tios, parentes distantes e amigos que nunca a mesa da cozinha se esvaziava e a movimentação cessava.

Em cima de um armário, várias latas enormes cheias de bolachas de amoníaco e biscoistos de polvinho, e nele inúmeros potes com os mais variados tipos de pimenta. Tudo isso era acompanhamento para o que saía do fogão.

Gostaria de ouvir as histórias que esse fogão tem pra contar.

4 comentários:

A Rosa disse...

Encantadoras são as histórias da infância no campo... ah aquele forno de biscoitos, aquele fogão a lenha, hum, as reuniões com amigos, nossa, me fez recordar tb, quanta saudade... Sempre aqui...

Thaís disse...

Zanetti mto legal rs!!
Me fez lembrar da nossa infância, qndo eu t espancava e vc contava da porca q voava e da vaca que dava leite roxo!!
bjss amo vc

Anônimo disse...

acho que eu ficaria na cama.

Talita disse...

Dormir com chuva é uma delícia né??? Na fazenda então, nem se fala!!! ;)
Quer dizer que nenhuma moreninha te tiraria da cama?!?! Não estou te reconhecendo Dudu ^^ Hahahahhaa, zueira! Beijos =**